Dificuldades na Leitura e Escrita: a Terapia da Fala pode ajudar?

O seu filho está no 1º Ciclo e na reunião de Pais o Professor diz-lhe que ele não está a acompanhar a turma ao nível da leitura e da escrita.

“O que faço agora? Como posso ajudar?”

 

O Terapeuta da Fala pode ajudar?

No passado, os Terapeutas da Fala intervinham essencialmente no desenvolvimento da fala (articulação) e da linguagem oral, enquanto que outros profissionais (e.g. Professores de Educação Especial) trabalhavam as questões relacionadas com a leitura e a escrita.

Atualmente o papel e responsabilidade do TF nas competências de leitura e escrita é muito mais vasto. Esta transformação deu-se porque existe uma íntima relação entre o desenvolvimento da linguagem e a leitura e a escrita, o que exigiu uma especialização também nas áreas da literacia.

Há casos e casos…

São múltiplas as causas das perturbações da leitura e da escrita,  pelo que se seguem abaixo algumas alterações relacionadas com a intervenção em Terapia da Fala.

As crianças que escrevem como falam

A escrita e a leitura baseiam-se num princípio simples: a cada fonema (som) corresponde um grafema (letra). Se uma criança produz um som incorretamente, é muito provável que esse erro se venha a traduzir na escrita.

Alterações da articulação refletem-se  frequentemente na escrita.

Alterações da articulação refletem-se frequentemente na escrita.

Por exemplo, uma criança que não diga o som /r/ (de aranha), poderá omitir esse som quando escreve, uma vez que não o diz.

A Terapia da Fala poderá ajudar, não só corrigindo a articulação verbal, mas também aumentando a consciência da presença do som alterado nas palavras, para que possam ser ditas e escritas corretamente.

As crianças que escrevem como acham que ouvem

Existem crianças que falam corretamente, ouvem bem, mas têm dificuldades na Leitura e na Escrita.

Cometem erros de escrita e têm dificuldade em consolidar os casos particulares de leitura e escrita.

Nestes casos, habitualmente, não é o facto de serem corrigidos n vezes que impede que os mesmo erros voltem a ser cometidos. Isto, porque a base dos erros não se encontra na capacidade de estabelecer a correspondência grafema (letra)-fonema (som).

Se não está na fala, nem na correspondência fonema-grafema, onde está o problema?

A dificuldade está na discriminação auditiva dos sons da palavra, ou seja, no processamento que o cérebro faz dos sons da palavra.

Os erros de escrita com origem na discriminação auditiva acontecem habitualmente com sons que são muito parecidos (s/ch; s/z; z/j; t/d; p/b, f/v, etc).

A dificuldade na discriminação de fonemas pode originar múltiplos erros de escrita.

A dificuldade na discriminação de fonemas pode originar múltiplos erros de escrita.

Por exemplo, uma criança que escreve “souriço” em vez de chouriço“caissa” em vez de caixa (escreve o som /ch/ como /s/) tem dificuldade em discriminar os sons /ch/ e /s/ nas palavras. Embora ouça bem as palavras, o cérebro tem dificuldade em detetar a pequena diferença que existe entre os dois sons.

A Terapia da Fala tem um papel fundamental e especializado ao nível da discriminação auditiva e consciência fonológica. A adequação destas capacidades permitirão à criança distinguir os diferentes sons, detetar corretamente a sua presença e, por fim, realizar uma correta associação entre o som e a letra correspondente.

O conhecimento especializado dos Terapeutas da Fala permite-lhes desenhar programas de literacia adequados a cada criança.

Na Terapia da Fala, podem ser trabalhadas várias áreas que têm influência nas capacidades de leitura e escrita, tais como:

    • a clareza na expressão das ideias (vocabulário, estrutura frásica, flexão verbal,…);
    • a compreensão e retenção do material lido (diferenciar a ideia principal dos detalhes, compreender a informação principal, estabelecer ligações entre informação);
    • a capacidade de consciência fonológica (descodificar os sons de palavras, manipular sílabas, segmentar as palavras em sílabas e fonemas, …)

 

Leia também: Pequenos Leitores, Grandes Escritores