Portfolio

Apple lança Researchkit e utiliza Doença de Parkinson como exemplo

Um dos maiores desafios dos investigadores é o recrutamento – obter amostras com um número significativo pode ser um verdadeiro desafio. Outras dificuldades como a subjectividade e frequência dos dados, o fluxo da comunicação dificultam e comprometem a qualidade da investigação. Com o intuito de contornar estas limitações, a Apple lançou recentemente uma plataforma de captação, registo e análise de dados para investigação – o ResearchKit. Permite aos investigadores criarem facilmente aplicações móveis para o propósito específico que pretendem investigar.

Para exemplificar o ResearchKit, a Apple demonstrou a sua utilização na Doença de Parkinson. A VOZ não foi esquecida! 😉

Attachment-1

Apresentação do ResearchKit (fonte: http://www.blogcdn.com/www.engadget.com/media/2015/03/2015.march.apple.164.jpg)

Para saber mais sobre o Researchkit, sugiro o seguinte vídeo (entre os 16min – 28 min) – são 12 minutos que valem a pena: http://www.apple.com/live/2015-mar-event/ 

O futuro da saúde e da investigação passa, certamente, por aqui!