A Fala e a Depressão

De acordo com um estudo realizado pela Universidade de Melbourne e o CCenter for Psychological Consultation, a depressão é monitorizável via telefone, através da análise da fala dos pacientes.

A análise de padrões de fala pode auxiliar no diagnóstico e tratamento da depressão à distância.

Este estudo demonstrou que as pessoas com depressões profundas fazem pausas de maior duração e um débito de fala menor. Ao longo do tratamento a fala torna-se mais rápida e menos pausada.

Adam Vogel (Speech Neuroscience Unit) afirma que a qualidade da nossa fala é  um indicador significativo da saúde cerebral e um reflexo do funcionamento do cérebro.

Esta descoberta vem abrir portas ao acompanhamento e monitorização à distância, através da análise dos padrões de fala, das pessoas que vivem em locais mais remotos.